Pesquisa nacional quer compreender relações de gênero na imprensa

0
209
views

A Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) e a primeira plataforma brasileira que aborda questões de gênero a partir de dados (a Gênero e Número), estão realizando uma ampla pesquisa nacional e inédita para mapear a diversidade de gênero dentro das redações. Os dados levantados vão ajudar a compreender os principais desafios enfrentados pelas repórteres, fotógrafas, editoras ou executivas de mídia.

Como e quem pode participar?
Basta acessar o questionário online e ir respondendo às perguntas das diferentes etapas do processo de preenchimento. A pesquisa é aberta a jornalistas homens e mulheres de todo o país.

Etapas da pesquisa
Alguns dados prévios da pesquisa já joram divulgados no dia 30 de Junho, durante o 12° Congresso da Abraji, em São Paulo. A primeira fase da pesquisa se deu por meio de grupos focais com mulheres jornalistas. A partir dessa conversa é que foi produzido o questionário online e definido que o público seriam trabalhadores(as) de veículos de comunicação e empresas midiáticas.

Resultados saem já no segundo semestre
Setembro é o mês previsto para ampla divulgação dos resultados finais. Coleta dos dados, segundo a Abraji, segue até o início de Agosto. A Google News Lab, que tem atuado com as interfaces jornalismo e inovação nas redações, é parceira da pesquisa.


Para acompanhar mais informações sobre a pesquisa, acompanhe a Abraji pelo Facebook ou pelo site institucional! A Gênero e Número também pode ser encontrada pelo site oficial e página no Face.

DEIXE UMA RESPOSTA