in

Assista ao vídeo sobre a iniciativa vencedora do Prêmio Professor do Ano 2017

Foto: Reprodução/ Youtube Fundação Victor Civita.

A professora Elisângela Dell-Armelina Suruí, de 38 anos, foi a grande vencedora do Prêmio Educador Nota 10, realizado pela Fundação Victor Civita. Ela leciona na Escola Indígena Estadual de Ensuno Fundamental e Médio Sertanista Francisco Meireles, em Cacoal (RO). O prêmio foi concedido em uma cerimônia que aconteceu no dia 30 de Novembro, em São Paulo (SP).

Foto: Reprodução/ Youtube da Fundação Victor Civita.

O vídeo abaixo explica, em três minutos, qual foi o trabalho realizado pela professora. Em resumo, ela identificou que a garotada tinha muitas dificuldades de escrever na língua materna e mobilizou os(as) estudantes para fazerem pesquisas fora da sala de aula e levantarem ideias e conteúdos para a criação de um material didático que aujudasse no aprendizado da língua indígena Paiter Suruí. O processo todo foi muito bacana e a gente não quer te dar spoilers, por isso recomendamos muito que você assista o material (:

A educadora foi selecionada dentre as 5.006 inscrições desta 20ª edição do Prêmio. Os 10 vencedores(as) do Prêmio Educador Nota 10 ganharam uma ssinatura de um ano do site Nova Escola Clube, além de um vale-presente de R$ 15 mil para si e outro vale-presente de R$ 1 mil para a escola onde leciona. No caso da ganhadora do prêmio ‘Educador do Ano’, ela ganhou outro vale-presente de R$ 15 mil para si e R$ 5 mil em vale-presente para a escola indígena. Show de bola, não é mesmo?

Para mais informações sobre o Prêmio ou para conhecer todos(as) os(as) finalistas, acesse o site da Fundação Victor Civita.

What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Written by Diego Silva

Jornalista, educomunicador, membro do Conselho Estadual de Direitos Humanos no Paraná (2016-2018) e cofundador do coletivo Parafuso Educom. Além de produzir conteúdo para o portal Universo Educom, também escreve para a AJN - Agência Jovem de Notícias, Revista Viração e blog 'Educação e Mídia', da Gazeta do Povo. Desde 2015 é associado à ABPEducom - Associação Brasileira de Pesquisadores e Profissionais em Educomunicação.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Vídeo da Anistia Internacional explica extermínio da juventude negra em menos de dois minutos

Baixe o e-book da Unesco sobre Cultura de Paz e Não Violência gratuitamente