Fundação Banco do Brasil vai premiar ‘Tecnologias Sociais’

0
246
views

Instituições legalmente constituídas como organizações não-governamentais de direito público ou privado, sem fins lucrativos, com pelo menos dois anos de atuação, podem se inscrever nesta edição do Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social. As inscrições vão até 31 de Maio de 2017. Entidades que tiverem a documentação em dia e se enquadrarem em alguns critérios estabelecidos pelo Prêmio, vão receber um Certificado de Tecnologia Social, além de terem a iniciativa inclusa numa plataforma que contém o Banco de Tecnologias Sociais da Fundação do Banco do Brasil. Que tal inscrever sua iniciativa em educomunicação, hein?

São requisitados documentos como Estatuto da Entidade, documento de identidade de representantes legais e do responsável pela inscrição, além de uma carta de recomendação a favor da iniciativa. Os projetos submetidos vão passar por diferentes fases: análise para saber se receberá certificação, seleção das finalistas, julgamento das vencedoras e premiação.

Quais os critérios para receber certificação como Tecnologia Social?
1. Estar em atividade há, pelo menos, dois anos em novembro de 2017;
2. Possuir evidências efetivas de transformação social;
3. Estar sistematizada a ponto de tornar possível sua reaplicação em outras comunidades;
4. Contar com a interação da comunidade na sua concepção ou ter sido apropriada por ela em seu desenvolvimento ou reaplicação;
5. Respeitar os seguintes princípios e valores: protagonismo social, respeito cultural, cuidado ambiental e solidariedade econômica.

Como posso inscrever uma iniciativa?
Leia o regulamento do Prêmio e acesse a página do formulário de inscrição que está no site oficial. É preciso fazer um cadastro e estar logado para se inscrever.

Quais as seis categorias nacionais do Prêmio?
“Água e Meio Ambiente”, “Agroecologia”, “Economia Solidária”, “Educação”, “Saúde e Bem-Estar”, “Cidades Sustentáveis e Inovação Digital”.

Qual é a premiação dos finalistas?
O primeiro lugar de cada uma das categorias recebe R$ 50 mil cada e as 18 instituições finalistas vão receber troféu, além de um vídeo que retrate sua iniciativa.

Girl Power
Tecnologias sociais que valorizem e integrem o protagonismo e empoderamento feminino vão receber um bônus de cinco por cento na pontuação total obtida.

DEIXE UMA RESPOSTA