in , ,

Livro relata experiências audiovisuais produzidas com povos indígenas brasileiros

Acesse a íntegra do livro que celebra os 25 anos do projeto “Vídeo nas Aldeias”

Criado em 1986, o projeto Vídeo nas Aldeias (VNA) completou, em 2011, 25 anos de existência e, para celebrar a conquista lançou a obra que você folhear online, logo abaixo. “O objetivo do projeto foi, desde o início, apoiar as lutas dos povos indígenas para fortalecer suas identidades e seus patrimônios territoriais e culturais, por meio de recursos audiovisuais e de um produção compartilhada com os povos indígenas com os quais o VNA trabalha”, explicam os(as) criadores(as) em seus canais de comunicação.

Trata-se de uma obra bilíngue (em português e inglês), patrocinada pelo banco Itaú e pela Natura, que obteve apoio do programa Cultura Viva do então Ministério da Cultura, e que possui 260 páginas. Recheado de ensaios fotográficos e ensaios críticos e depoimentos, o livro retrata experiências vivenciadas com, pelo menos cinco etnias indígenas brasileiras: Xavante, Ashaminka, Kuikuro, Huni Kuì e Mbya-Guarani.

Ao longo de sua existência, “o projeto já produziu registros de 37 povos, oficinas em 127 aldeias e filmes premiados no Brasil e no exterior”, relembram os(as) organizadores(as). A videoteca com os materiais produzidos no âmbito do projeto pode ser acessada pelo site oficial do VNA. Apoiadores(as) também podem pagar para assistir aos vídeos, pagando pelo acesso, através da plataforma de Videos On Demand que o VNA possui no Vimeo. Ao pagar pelo acesso, o comprador pode alugar o acesso à obra por um determinado período de tempo ou realizar a compra para assistir sempre que quiser.

Uma indicação de vídeo do portal Universo Educom é o filme Mbya Mirim, em que a gente consegue acompanhar duas crianças, Palermo e Neneco (indígenas da etnia Mbya Guarani, do Rio Grande do Sul), que conseguem nos revelar muito da sua cultura, rotina e desafios de seu povo através das brincadeiras e vivências. O videodocumentário tem 23 minutos.

What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Written by Diego Silva

Jornalista, educomunicador, membro do Conselho Estadual de Direitos Humanos no Paraná (2016-2018) e cofundador do coletivo Parafuso Educom. Além de produzir conteúdo para o portal Universo Educom, também escreve para a AJN - Agência Jovem de Notícias, Revista Viração e blog 'Educação e Mídia', da Gazeta do Povo. Desde 2015 é associado à ABPEducom - Associação Brasileira de Pesquisadores e Profissionais em Educomunicação.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Projeto ‘Observador’ lança livro com fotografias produzidas por crianças em atividades educomunicativas

Concurso de fotografias da UDESC celebra 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos