Submeta seu artigo científico à Revista ‘Comunicação e Educação’, da ECA/ USP

0
137
views

A Revista ‘Comunicação e Educação’ é publicada semestralmente, sendo uma das principais mídias acadêmicas no campo da Educomunicação. Os artigos são recebidos de forma contínua, ou seja, em qualquer época do ano.

Doutores(as) podem enviar seus artigos para serem submetidos à publicação. Caso você não seja doutor, é preciso estar cursando doutorado, ser mestrandos ou mestres e assinar o artigo em coautoria com um doutor.

Especificações do artigo
O conteúdo não pode ultrapassar 35 mil caracteres, nem ter menos de 20 mil caracteres (com espaços contabilizados também). As referências bibliográficas completas não devem ser indicados ao final do texto, mas apenas e exclusivamente nas notas de rodapé.

Como enviar o material?
Primeiro, é importante acessar a página que contém as informações sobre submissões e diretrizes para autores(as). Caso concorde com as regras, é necessário fazer cadastro e gerar login e senha para submissão do conteúdo.

Edição mais recente
A última edição da revista já está disponível gratuitamente online. Além da versão completa em PDF, também é possível fazer o download parcial dos artigos, na página da edição n° 22, referente ao primeiro semestre deste ano.

Alguns pontos positivos e diferenciais
– Publica entrevista, poesia e resenhas;
– Publica ideias de atividades educomunicativas e oficinas com base no conteúdo de artigos publicados;
– A partir deste ano passará a publicar textos em português e em inglês, com base em versão proposta pelo(a) autor(a);
– Publica textos com relatos de experiências em educomunicação.

Artigos nacionais da primeira edição de 2017
Abaixo, listamos alguns dos títulos dos artigos que estão na edição mais recente da revista:
– As periferias digitais: mobilização para além da resistência;
– Interfaces da Comunicação e da Educação na escola: a experiência do CAp-UFRJ em diálogo com alunos e professores;
– Educomunicação: Histórias em quadrinhos no ensino de Artes;
– Rádio educativo – percepções a partir dos coordenadores do Programa Mais Educação;
– Educação para a comunicação e redes sociais: proposta de trabalho com a linguagem cinematográfica;
– Inovações no ensino híbrido: uma perspectiva a partir da teoria ator-rede;
– Velho Chico: narrar para audiências desatentas – dilemas e desafios.

DEIXE UMA RESPOSTA