in ,

Nova edição da Revista Viração aborda juventudes empreendedoras, indígenas, transexuais, de direita e em medidas de socioeducação

Capa: Reprodução/ Revista Viração.

Já está online, desde o dia 15 de Março, a nova edição da Revista Viração. Trata-se de uma publicação produzida pela ONG paulista Viração Educomunicação, que existe há 16 anos no Brasil e que, dentre outros projetos e programas, mobiliza adolescentes e jovens de todo o país para a produção dessa revista a partir de processos educomunicativos. Hoje, as iniciativas da organização também são realizadas em países europeus como Itália e Portugal.


Capa: Reprodução/ Revista Viração.

 

Na edição mais recente da Revista, a capa anuncia o tratamento do tema “Juventudes Plurais”, abordando as relações das diversas juventudes com aspectos da cultura, economia, trabalho e renda, comportamento, comunicação, educação e política. Com linguagem textual e visual pensada em atrair as juventudes, o conteúdo ajuda a qualificar as diferentes discussões abordadas na edição, incentivar o hábito da leitura e dar visibilidade aos conteúdos produzidos em diferentes formatos e linguagens.

 

Resumão do que você vai encontrar!
A escritora Maria Firmina dos Reis é o assunto da seção “Que Figura!”, incentivando as juventudes à leitura da obra dessa escritora que foi a primeira a escrever um livro em que a história é contada pelo ponto de vista de pessoas escravizadas. O Slam (espécie de competição de declamação de poesias com conteúdo de denúncia social) é tratado na entrevista da seção “Galera Repórter”. O texto da Jéssica Rezende é um dos mais inusitados da edição, por levantar cinco pontos que ajudam a compreender algumas visões das juventudes de direita política (caracterizados, a grosso modo por uma visão econômica neoliberal, porém conservadores/as na moral e nos costumes). Relação das juventudes com as cidades, indígenas que moram em regiões urbanas, educação contra a transfobia, saúde mental e adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa são alguns dos assuntos tratados na edição, ao longo de 40 páginas.

 

Quer saber mais sobre a Revista Viração e os trabalhos da ONG que a realiza? Se sim, é só acessar o site, curtir a página de Facebook,seguir a Viração Educomunicação no Twitter e no Instagram e se inscrever no canal de Youtube! Formas de encontrar a “Vira” não faltam, acompanhe do seu jeito!

 

Se gostou da matéria, não deixe de registrar a sua reação clicando nos emojis logo abaixo 😉

What do you think?

0 points
Upvote Downvote

Written by Universo Educom

Blog criado para promover a educomunicação entre adolescentes, jovens, educadores(as) e pesquisadores(as) interessados(as) no assunto.

Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments

Videoclipe mostra a atmosfera do lançamento da exposição fotográfica do projeto ‘Observador’