Abrace bastante seus amigos, antes que a morte dê uma rasteira

0
78
views
Foto: Domínio Público/ Pixabay

A vida é um sopro, cambada. Essa tragédia que aconteceu com o Chapecoense pegou um monte de familiares, amigos e torcedores de surpresa. E é assim que a morte é. Chega, muitas vezes,  sem avisar e leva as pessoas que a gente mais ama. Sem esperar o segundo tempo, nem dar um minuto de acréscimo.

Mesmo que você não curta muito acompanhar as notícias sobre esporte, imagino que não tenha conseguido escapar de ficar sabendo sobre o acidente com o avião da companhia LaMia, na Colômbia, que tinha 81 pessoas na lista de passageiros, contando tripulação,  atletas,  equipe técnica,  profissionais da imprensa,  entre outros, na madrugada de terça-feira (29/11/2016). 75 integrantes do vôo se foram pra não voltarem mais. O que fica é a saudade e as boas lembranças…

Eu mesmo sou desses que tem uma dificuldade bem grande de ir aos aniversários de amigos, despedidas de quem tá indo morar fora do país,  ou de prestigiar um lançamento de livro ou de exposição fotográfica de algum brother que eu admire. E esqueço que essas oportunidades podem ser roubadas de mim, com a chance de nunca mais se repetirem. Em relação aos meus pais e familiares, fico sempre com a sensação de que deveria ligar e conversar com mais frequência… É que a vida às vezes parece acontecer como uma avalanche.  Acontece algo parecido contigo? Caramba! Eu não consigo marcar um café com a Priscila Schip, não consigo receber a Sissy e o Augusto pra bater um papo aqui em casa, não faço uma visita ao Tarcisio e à Eloyna há um tempão, nem responder com rapidez a todo mundo que me chama no Whats ou no Face eu tenho feito a contento. Mas estou me esforçando,  acreditem.

Por isso, caro(a) leitor,  pense bem antes de brigar com alguém,  de sair de casa sem dar um abraço apertado nos pais, de não expressar a sua consideração ou admiração por uma pessoa que faz um trabalho bacana ou tem uma forma única de lidar contigo… Pois a vida está passando e a gente nunca sabe se ela vai continuar num próximo parágrafo ou se vai surpreender com um sorrateiro ponto final.

 

PLAYLIST

Achei que esse texto combina com duas músicas lindonas do Lenine. Você curte alguma delas? Vou deixar os videoclipes logo abaixo,  caso você queira escutar e voltar às atividades que estava fazendo. Abração, pessoal!

Silêncio das Estrelas – Lenine

 

Paciência – Lenine

 

Com informações do Jornal Hoje.

DEIXE UMA RESPOSTA